• Facebook
  • Google Plus
  • Apple
  • Android
  • Mobile
  • RSS
Kitesurf fora dos Jogos
Publicado em 26.Dec.2012

A Federação Internacional de Vela decidiu manter o RS:X (prancha à vela também conhecida por windsurf) no programa dos Jogos Olímpicos para o Rio’16.
A conferência anual da Federação Internacional de Vela (ISAF) chegou ao fim e com boas notícias para a classe RS:X (prancha olímpica), na qual compete o português João Rodrigues. Esta classe, que em maio ficou a saber que o organismo máximo da modalidade se preparava paraintroduzir o kitesurf no programa olímpico já no Rio de Janeiro em 2016, exluindo o RS:X, foi agora reintegrada na lista dos próximos Jogos Olímpicos. A Assembleia Geral, com a presença de 112 confederações nacionais, votou, por maioria simples, a favor do RS:X, abandonando a ideia do kitesurf. Este teve contra si o facto de ser ainda um desporto recente, sem regras unificadas, tendo os mundiais femininos de 2009 e 2010 contado apenas com sete e oito competidoras, respetivamente.As classes olímpicas em 2016 serão: RS:X (masculino e feminino), Laser, Laser Radial, Finn (masculino), 49′er (masculino), 49′erFX (feminino), 470 (masculino e feminino) e a nova Nacra 17 (substitui o Star).

Seja o primeiro
a comentar
este artigo.

Envie o seu comentário

Todos os comentários que colocar mostram o seu nome. Ao enviar um comentário está a aceitar os nossos Termos e Condições.

*Campos obrigatórios