• Facebook
  • Google Plus
  • Apple
  • Android
  • Mobile
  • RSS
Carlos Sá: preparação Aconcágua
Publicado em 03.Jan.2013

Foto 1 de 5

No passado dia 27 de dezembro, o ultramaratonista Carlos Sá partiu para mais um desafio: bater o recorde da subida do Aconcágua, a montanha mais alta da América do Sul. Leia aqui o relato da preparação na primeira pessoa, incluindo o acampamento em altitude simulado na casa do atleta, em Barcelos:

 

“No próximo dia 27 de Dezembro parto para uma das mais incríveis aventuras que já me propus fazer.

Se subir a mais alta montanha do continente americano é já um enorme desafio, tentar fazê-lo no mais rápido tempo possível caso a montanha esteja disposta a deixar fazê-lo será tremendo para quem gosta de ultrapassar os seus limites físicos e psicológicos.

Só para terem noção das dificuldades que é estar exposto a esta altitude, no cume a cerca de 7.000m temos menos de 40% de oxigénio, fazer uma ascensão de mais 4.000m em menos de oito horas será um impacto brutal para o meu corpo e toda a reação do mesmo será imprevisível.

Para tal nada melhor do que uma boa preparação/aclimatação – é o que ando a fazer nos últimos dias, numa tenda da Hypoxico que reduz a percentagem de oxigénio dentro da mesma com o auxílio de um compressor.

Esta noite foi passada em minha casa (Barcelos) a 3.700m na companhia do meu amigo Paulo Pires que também estará na expedição Aconcagua, a nós os dois junta-se o Paulo Miranda e mais tarde mais um grupo liderado pelo Pedro Guedes.

Todo o material que vamos levar (eu, Pires e Miranda) será da marca Berg, os Portugueses propõe-se a fazer coisas tão grandiosas como os outros, quer a nível desportivo quer a nível de inovação de produto capaz de ser testado ao mais alto nível.  Obrigado Berg.”

João Araújo

Seja o primeiro
a comentar
este artigo.

Envie o seu comentário

Todos os comentários que colocar mostram o seu nome. Ao enviar um comentário está a aceitar os nossos Termos e Condições.

*Campos obrigatórios