• Facebook
  • Google Plus
  • Apple
  • Android
  • Mobile
  • RSS
Surf: Tiago Pires no WCT desde 2008
Publicado em 03.Feb.2013

Surfista: Tiago Pires (Quicksilver)
Data de nascimento: 13 de março de 1980
Naturalidade: Lisboa
Primeiras ondas: Ericeira (com o irmão Ricardo e o amigo Mica)
Estreia em competição: 1993
Treinador: José Seabra (desde 1996)
Principais resultados: Sagrou-se campeão nacional sub-14 em 1994 e sub-16 em 1995; Em 1997, vence os melhores juniores europeus em Hossegor, conseguindo um lugar no mundial de juniores na Austrália e, assim, no ano seguinte, competiu, entre outros, contra Andy Irons, Taj Burrow e C.J Hobgood. Em 1998, foi segundo no Mundial Amador ISA, em Portugal. Em 1999, vence o título europeu Pro Júnior e entra no Circuito World Qualifying Series (WQS). Depois da primeira vitória no WQS, na Praia de Miramar, em Vila Nova de Gaia. Em 2000, no Havai, sagra-se vice-campeão mundial de juniores e foi eleito rookie do ano na Triple Crown. Em 2001, a revista norte-americana Surfer elege-o Top 3 da lista “Hot Hundred”, onde figuram os melhores juniores do mundo. Em 2007, o quinto lugar no ranking WQS abre-lhe as portas do WCT. No seu primeiro ano entre a elite, fica em 31º lugar e requalifica-se através do WQS. No ano seguinte classifica-se em 24º, tendo conseguido um terceiro lugar no Quiksilver Pro, em França. Em 2010, obteve a melhor classificação de sempre, um 21º lugar. Em 2011, foi o seu quarto ano de WCT, terminando a temporada na 23ª posição e, em 2012, foi 31º, qualificando-se no limite.
Destaques: É considerado o melhor surfista português de sempre. Tem cinco anos de World Tour e podia ter entrado mais cedo na elite, não fossem as lesões de 2002 e 2003.
Onda favorita: Coxos, Cave e Safi
Referências: Tom Carroll e kelly Slater

Paula Capela Martins

Seja o primeiro
a comentar
este artigo.

Envie o seu comentário

Todos os comentários que colocar mostram o seu nome. Ao enviar um comentário está a aceitar os nossos Termos e Condições.

*Campos obrigatórios