• Facebook
  • Google Plus
  • Apple
  • Android
  • Mobile
  • RSS
Nem Capítulo Perfeito nem Liga Meo para Tiago Pires
Publicado em 05.Feb.2013

Em 2013, os fãs de Tiago Pires não vão poder vê-lo na segunda edição do MOCHE Capítulo Perfeito Presented by Rip Curl, prova que levará, de novo,os melhores surfistas nacionais à praia de Supertubos, em Peniche, para serem avaliados pela manobra rainha do surf: o tubo. Tudo porque a Association Of Surfing Professionals (ASP), organizadora do World Tour não deixa. A ASP defende que o regulamento obriga a que os surfistas do circuito mundial estejam autorizados a competir apenas em eventos com o carimbo ASP.

Tiago Pires, campeão em título do MOCHE Capítulo Perfeito Presented by Rip Curl em 2012, ao saber que não poderá usufruir do wildcard que lhe foi dirigido pela organização reagiu: “Foi com tristeza que recebi a notícia de que não vou poder participar neste evento, onde tenho muita vontade de competir pela oportunidade de surfar nos Supertubos com pouca gente dentro de água e por ser um bom treino para o Rip Curl Pro Portugal. No entanto, percebo perfeitamente a posição da ASP e a sua estratégia de evitar que os surfistas do Top 34 participem em eventos que possam representar uma ameaça para o World Tour em termos de patrocínios. Embora o MOCHE Capítulo Perfeito seja um campeonato que não interfere com os parceiros do Circuito Mundial, considero que a ASP fez bem em não autorizar a minha participação, pois se abrisse uma exceção para mim teria de fazer o mesmo com os restantes 33 atletas”.

Entretanto, a organização do MOCHE Capítulo Perfeito já substituiu Tiago Pires por Ivo Santos, terceiro classificado na edição anterior

“Lamentamos não poder contar com a participação do Tiago Pires no evento mas respeitamos a vontade da ASP. Somos uma equipa de surfistas e, como tal, entendemos que se deve respeitar as regras, que certamente são feitas para valorizar o Circuito Mundial e, por acréscimo, o próprio Tiago, que nele está inserido. Seguindo o mesmo critério na atribuição do novo wildcard, a sua vaga deveria ser preenchida pelo vice-campeão da edição anterior, Ivo Cação, mas como este já tem a sua participação assegurada pela votação do público, decidimos convidar o Ivo Santos, 3.º classificado em 2012, que a avaliar pela sua anterior prestação neste evento saberá certamente responder à altura”, referiu declarou Rui Costa, membro da organização.

Tiago Pires também não poderá participar nas etapas da Liga Meo Pro Surf.

Paula Capela Martins

Seja o primeiro
a comentar
este artigo.

Envie o seu comentário

Todos os comentários que colocar mostram o seu nome. Ao enviar um comentário está a aceitar os nossos Termos e Condições.

*Campos obrigatórios