• Facebook
  • Google Plus
  • Apple
  • Android
  • Mobile
  • RSS
Um dia especial em Cascais
Publicado em 28.May.2013

Pelo segundo ano consecutivo, o MOCHE Cascais Surf à Noite deu a conhecer as sensações do surf a crianças e jovens de zonas fragilizadas do concelho de Cascais. Cerca de 100 adolescentes em situação de vulnerabilidade social puderam usufruir de aulas de surf gratuitas na praia de Carcavelos.
Com o apoio técnico e logístico do Centro Recreativo e Cultural da Quinta dos Lombos (CRCQL) – Surf Academia, as aulas contaram com a participação, no papel de instrutores, dos atletas convidados para a demonstração de surf noturno, que durante a tarde mantiveram-se em segundo plano para deixar brilhar os pequenos novos surfistas, oriundos dos bairros da Adroana, da Cruz Vermelha, de Alcabideche e das famílias apoiadas pelo Centro Comunitário de Carcavelos.
Na sua segunda edição, o melhoramento da estrutura do evento e das iniciativas e condições oferecidas ao público foi também acompanhado por um maior investimento nesta ação de solidariedade social, que já tinha integrado o evento em 2012 e que este ano contou com uma equipa reforçada de instrutores e voluntários.
“Num evento desta dimensão, envolvendo tantos recursos e atraindo tanta gente, não fazia sentido não termos um momento em que pudéssemos proporcionar a experiência do surf a crianças e jovens que, de outra forma, dificilmente teriam acesso a este desporto”, declarou Rui Costa, organizador do MOCHE Cascais Surf à Noite.
“A ação não podia ter corrido melhor”, disse Pedro Monteiro, responsável do CRCQL – Surf Academia. “Este ano fizemos um planeamento mais alargado de forma a garantir que todos os miúdos teriam a oportunidade de surfar. Eles estavam todos muito contentes, contagiando os instrutores e atletas envolvidos, que mostraram muita dedicação e comprometimento.”
“As crianças adoraram e agora só perguntam quando voltarão a fazer surf. Todas ficaram muito agradecidas à organização do evento e à Surf Academia. Foi muito intenso!”, disse Carolina Vilas-Boas, responsável pelo  Departamento de Habitação e Desenvolvimento Social  da Câmara Municipal Cascais.
A aula contou ainda com a participação voluntária do grupo Surf Art, projeto de reabilitação social que visa promover a integração e bem-estar de crianças e jovens oriundos de zonas problemáticas através do surf.

Foto: Diogo Soutelo

Fonte: TWICE

Post: Paula Capela Martins

Seja o primeiro
a comentar
este artigo.

Envie o seu comentário

Todos os comentários que colocar mostram o seu nome. Ao enviar um comentário está a aceitar os nossos Termos e Condições.

*Campos obrigatórios