• Facebook
  • Google Plus
  • Apple
  • Android
  • Mobile
  • RSS
Tiago Ferreira sexto no Mundial de Maratonas
Publicado em 02.Jul.2013

O português Tiago Ferreira conseguiu, no último sábado, um excelente sexto lugar no Campeonato do Mundo de Maratonas BTT, disputado em Kirchberg, Áustria. A participação da Seleção Nacional completou-se com a 37.ª posição alcançada por Celina Carpinteiro na corrida feminina.

A extrema dureza do percurso masculino, 95 quilómetros com um acumulado de altitude de 4400 metros, encaixou que nem uma luva nas características do corredor natural de Viseu, que fez toda a corrida perto dos primeiros. Na derradeira subida era o quarto classificado, perdendo, no entanto, duas posições na exigente descida final.

Tiago Ferreira terminou a 10m24s do vencedor, o suíço Christoph Sauser. O austríaco Alban Lakata foi o segundo classificado, a 4 segundos, tendo o colombiano Hector Paez encerrado o pódio, a 3m12s do vencedor. O resultado do  corredor português é ainda mais expressivo, tendo em conta que o  viseense é o mais jovem dos 21 primeiros.

“O Tiago Ferreira fez uma corrida muito boa, conseguindo um resultado que podemos considerar excelente. Andou muito tempo com os melhores, depois fez grande parte da corrida a 30 segundos de um trio que se formou na dianteira. Na fase final, em descida, acabou por quebrar um pouco, o que não apaga o bom desempenho”, referiu o selecionador nacional, Pedro Vigário.

 

A corrida feminina teve apena menos dez quilómetros do que a masculina, mas a dureza foi também a nota dominante, com um acumulado de subidas de 3700 metros. Celina Carpinteiro chegou ao final na 37.ª posição, a 1h03m41s da norueguesa Gunn-Rita Flesjaa. A segunda classificada foi a britânica Sally Bigham, a 3m48s, cabendo o terceiro posto à helvética Esther Süss, a 7m19s.

“A Celina Carpinteiro fez uma prova regular. Foi a primeira participação feminina portuguesa num Campeonato do Mundo de Maratonas, dando-nos já alguns ensinamentos e experiência com vista ao futuro. Com estas referências, no próximo ano, certamente, conseguiremos já fazer melhor”, afirmou Pedro Vigário.

Seja o primeiro
a comentar
este artigo.

Envie o seu comentário

Todos os comentários que colocar mostram o seu nome. Ao enviar um comentário está a aceitar os nossos Termos e Condições.

*Campos obrigatórios