• Facebook
  • Google Plus
  • Apple
  • Android
  • Mobile
  • RSS
Simões dá titulo histórico a Portugal
Publicado em 11.Oct.2013

Portugal entrou com o pé direito no Campeonato do Mundo de Veteranos de Orientação em BTT 2013 que tem lugar nos Municípios de Grândola, Santiago do Cacém e Sines. Carlos Simões levou de vencida o escalão H40, oferecendo à Orientação em BTT portuguesa a primeira medalha de ouro da sua história.

Foi sob os melhores auspícios que Portugal fez a sua estreia no Campeonato do Mundo de Veteranos de Orientação em BTT 2013. Na prova de abertura da competição, uma Distância Média disputada no mapa de Grândola, Carlos Simões foi o grande vencedor no escalão H40, ao concluir os 15 km do percurso em 49:34. Uma vitória conseguida ante adversários de reconhecido valor, casos do russo Maxim Zhurkin e do húngaro Daniel Marosffy, respetivamente segundo e terceiro classificados, e que sela desde logo aquele que constituía o grande objetivo do atleta português para estes Campeonatos.

“Muito satisfeito com a minha prestação”, começou por referir Carlos Simões, ao encontro daquilo que eram os seus propósitos: “Conseguir chegar ao título era realmente um dos meus grandes objetivos e foi logo à primeira. Isto alivia em parte a pressão para as provas que se seguem e deixa-me confiante para alcançar ainda mais alguma coisa”. Ter sido o primeiro português a chegar ao título mundial é visto por Simões como “um orgulho”, acrescentando que “a Orientação nacional, por aquilo que tem feito, está também de parabéns.” Carlos Simões admite que “não foi fácil ganhar hoje”, referindo que o segredo da vitória residiu “numa boa parte final e conseguir manter-me sempre focado na prova, apesar de alguns erros cometidos.”

Rússia vezes dois

No escalão de Elite, teve lugar a primeira de três etapas que compõem a ronda final da Taça do Mundo e na qual os primeiros lugares do pódio, quer no setor masculino como no feminino, foram ocupados por atletas da Rússia. Uma prova plena de vigor, do início ao fim da prova, fez com que Anton Foliforov se adiantasse à concorrência, vencendo com o tempo de 47:31, menos 1:07 que o checo Krystof Bogar, segundo classificado. Com este resultado- e ainda que por escassa margem -, Foliforov assume a liderança da Taça do Mundo, revelando-se crucial a prova de amanhã para apurar o grande vencedor da edição de 2013. No setor feminino a vitória coube a Olga Vinogradova com o tempo de 41:54, apenas 20 segundos à frente da atual líder da Taça do Mundo, a sueca Cecilia Thomasson. Uma vitória com um sabor especial, já que se tratou da primeira vitória da jovem russa numa grande competição internacional de Elite. Entre as nossas hostes, Davide Machado foi o mehor português, concluindo no 20º lugar a 9:16 do vencedor, enquanto no setor feminino a primazia coube a Joana Frazão, 26ª classificada com o tempo de 1:04:39.

Foto (créditos): Joaquim Margarido

Fonte: Joaquim Margarido

Post: Paula Capela Martins

Seja o primeiro
a comentar
este artigo.

Envie o seu comentário

Todos os comentários que colocar mostram o seu nome. Ao enviar um comentário está a aceitar os nossos Termos e Condições.

*Campos obrigatórios