• Facebook
  • Google Plus
  • Apple
  • Android
  • Mobile
  • RSS
Nicolau Von Rupp revalida Capítulo Perfeito
Publicado em 16.Feb.2014
Seja o primeiro
a comentar
este artigo.

Nicolau Von Rupp venceu a terceira edição do Capítulo Perfeito powered by Billabong, evento que juntou alguns dos melhores surfistas do país na praia de Carcavelos, em Cascais, numa competição especial de tubos. O campeão revalidou, assim, um título que já havia conquistado em 2013, reforçando o estatuto de melhor tube rider português da atualidade.

Nicolau foi o homem do dia, protagonizando o único tubo nota 10 de todo o evento logo na sua bateria de estreia. Além do cheque da vitória, no valor de cinco mil euros, o surfista da Praia Grande (Sintra) conquistou ainda o prémio de melhor tubo, oferecido pelo Moche, no valor de 1500 euros.

“Quero começar por agradecer ao público presente na praia, vocês encheram-nos a alma de energia para enfrentarmos este mar”, disse Nicolau. “Foi um dia bastante complicado aqui em Carcavelos. As condições estavam clássicas mas a mãe natureza resolveu dar-nos um ‘espancamento’”, brincou o surfista, referindo-se ao tamanho e força do mar.

Embora perfeitas, as condições estiveram exigentes, com ondas a superar os três metros de altura e a forte rebentação a dificultar a chegada dos surfistas ao line-up. Ao longo do dia, viram-se várias pranchas serem partidas pela força do mar, exigindo dos atletas o máximo comprometimento e mestria para encontrar a porta de saída dos poderosos tubos de Carcavelos.
Na última bateria, Von Rupp voltou a defrontar Marlon Lipke, surfista com quem já havia disputado a final da edição anterior. Marlon Lipke, que terminou a competição em terceiro lugar, atravessou literalmente o planeta para estar presente no Capítulo Perfeito, uma vez que se encontrava na Austrália a participar em etapas do circuito de qualificação da ASP quando foi dada a chamada para a realização do evento.

“Valeu a pena vir. Fiz mais de 30 horas de avião, deixei as minhas malas no aeroporto [de Lisboa] e cheguei à praia mesmo a tempo de fazer o meu heat. Estou feliz por ter alcançado a final e por ver que o esforço compensou”, afirmou.

Quem esteve na luta pela vitória até ao fim foi o tetracampeão Ruben Gonzalez, que ficou em segundo  lugar. Em quarto terminou António Silva, recordista da maior onda já surfada por um português, que teve o mérito de avançar imparável até à final mesmo tendo lesionado o joelho após um violento wipe out numa das primeiras ondas que surfou na competição.
destaque ainda para o cascalense Filipe Jervis, que açambarcou o prémio de melhor score oferecido pela Kia, no valor de 500 euros, depois de ter feito a combinação das duas melhores ondas de todo o evento, avaliadas em 9,5 pontos e 7,5 pontos (17 no total). Tomás Fernandes, um dos mais jovens em prova, foi o vencedor do prémio de maior wipe out – um relógio Nixon The 51-30 Tide – ao protagonizar uma aparatosa queda que assombrou o público presente na praia.

Carcavelos provou ser um palco digno do maior espetáculo do surf nacional, atraindo milhares de pessoas à praia e fazendo justiça ao conceito original do evento.

Da lista de convocados para a terceira edição do Capítulo Perfeito powered by Billabong, fizeram ainda parte os surfistas Miguel Blanco, Pedro Boonman, João Guedes, Alex Botelho, Tomás Valente, José Gregório, Rodrigo Herédia, Manuel Cotta, Edgar Nozes e Paulo Rodrigues.

O Capítulo Perfeito é um evento especial que apresenta um período de espera de dois meses, durante o qual as previsões são minuciosamente monitorizadas
por especialistas de forma a determinar o melhor dia (de ondas) para a realização da prova, com os convidados a serem notificados com apenas 72 horas de antecedência.

Fonte: TWICE

Foto: Linha do Tempo

 

Envie o seu comentário

Todos os comentários que colocar mostram o seu nome. Ao enviar um comentário está a aceitar os nossos Termos e Condições.

*Campos obrigatórios