• Facebook
  • Google Plus
  • Apple
  • Android
  • Mobile
  • RSS
Vitória estoniana e checa em Penha Garcia
Publicado em 09.Jun.2015
Seja o primeiro
a comentar
este artigo.

Não sem surpresas Lauri Malsroos e Martina Tichovska levaram de vencida a primeira das três etapas individuais dos Campeonatos da Europa de Orientação em BTT 2015. Por ruas e vielas de Penha Garcia, num Sprint emotivo, ambos ofereceram aos respetivos países – Estónia e República Checa – medalhas de ouro históricas.
Entrado no segundo dia de competição, o Campeonato da Europa de Orientação em BTT 2015 viu o programa de hoje ser preenchido com a prova de Sprint, na qual participaram 59 atletas masculinos e 40 femininos. A prova teve lugar em Penha Garcia, no concelho de Idanha-a-Nova, nela se assistindo a intensos duelos, como os resultados finais facilmente permitem constatar. Com 47 segundos apenas a separar os 13 primeiros classificados, a prova masculina viu o estoniano Lauri Malsroos chegar à vitória de forma algo surpreendente, tendo embora em conta ser ele o 8º classificado do Ranking Mundial.

A primeira metade da prova foi dominada pelo vice-campeão europeu em título, o russo Ruslan Gritsan, ao qual sucedeu o francês Cédric Beill. Foi já no terço final do percurso que Lauri Malsroos tomou as rédeas das operações, para não mais as largar. O atleta estoniano concluiu com um tempo de 19:01 – contra 19:12 e 19:29 dos russos Valeriy Glukhov e Ruslan Gritsan, respetivamente segundo e terceiro classificados -, oferecendo à Estónia a sua primeira medalha de ouro em Campeonatos da Europa. O finlandês Jussi Laurila defendia aqui o título europeu, acabando por ter de se contentar com o sexto lugar, ex-aequo com o austríaco Kevin Haselsberger. Aos franceses Baptiste Fuchs e Cédric Beill couberam o quarto e quinto lugares, por esta ordem. Campeão do Mundo de Sprint em título, o russo Anton Foliforov concluiu no 13º lugar, a 47 segundos de Malsroos.
Triunfo apertado de Martina Tichovska

No sector feminino, as duas grandes favoritas – Emily Benham (Grã-Bretanha) e Marika Hara (Finlândia) – acabaram por desempenhar papéis secundários num filme onde a estrela deu pelo nome de Martina Tichovska (República Checa). Entrou melhor no mapa a atleta checa, mas rapidamente Marika Hara pegou no rumo dos acontecimentos, ainda que a vantagem para as suas mais diretas adversárias nunca alcançasse margens significativas. Até que um erro à entrada do último terço de prova fez com que a finlandesa perdesse quase um minuto, morrendo aí as suas esperanças de revalidar o título europeu alcançado em Zamosc (Polónia, 2013).

Tichovska regressou de novo à liderança da prova, nessa altura com uma vantagem confortável de 22 segundos sobre a britânica Emily Benham, segunda classificada, assim se mantendo até ao penúltimo ponto, altura em que cometeu um erro e quase ia deitando tudo a perder. Com dois pontos para controlar e três segundos à maior sobre a poderosíssima britânica, actual líder do ranking Mundial, Martina Tichovska soube encontrar forças onde só Deus e ela sabem, alcançando, assim, a sua primeira grande vitória num evento deste nível com o tempo de 18:40, naquela que é também a primeira medalha de ouro da República Checa em provas individuais em Campeonatos da Europa. Emily Benham terminou a sua prova com mais dois segundos que a vencedora, enquanto Marika Hara foi a terceira classificada, com mais 25 segundos que Tichovska. As francesas Hana Garde e Gäelle Barlet, respetivamente quarta e sexta classificadas, e a sueca Cecilia Thomasson, quinta classificada, fecharam o pódio.
Juniores franceses arrasam

Entretanto, tiveram igualmente lugar as provas de Sprint dos Campeonatos da Europa de Juniores e de Jovens, com a França a mostrar-se de novo em grande. Na categoria Júnior, Antoine Vercauteren e Lou Denaix foram os mais fortes, depois de já ontem o selecionado gaulês (com Florian Pinsard e Lou Denaix) ter levado de vencida a Estafeta Mista de Sprint (não oficial). Quanto aos mais jovens, Eerik Nurminen (Finlândia) arrecadou o ouro no escalão masculino, enquanto a Rússia açambarcou os três lugares do pódio feminino, com Daria Mykriukova a quedar-se com o ouro, ela que já ontem tinha levado igualmente de vencida a Estafeta Mista de Sprint (não oficial), fazendo par com Valeriy Rodin.
Resultados

EMTBOC 2015

Homens Elite
1. Lauri Malsroos (Estónia) 19:01
2. Valeriy Glukhov (Russia) 19:12
3. Ruslan Gritsan (Russia) 19:29
4. Baptiste Fuchs (França) 19:33
5. Cedric Beill (França) 19:37
6. Jussi Laurila (Finlândia) 19:40
6. Kevin Haselsberger (Áustria) 19:40

Damas Elite
1. Martina Tichovska (República Checa) 18:40
2. Emily Benham (Grã-Bretanha) 18:42
3. Marika Hara (Finlândia) 19:05
4. Hana Garde (França) 19:25
5. Cecilia Thomasson (Suécia) 19:32
6. Gäelle Barlet (França) 19:44

Envie o seu comentário

Todos os comentários que colocar mostram o seu nome. Ao enviar um comentário está a aceitar os nossos Termos e Condições.

*Campos obrigatórios